Factos - Nos Idosos a redução da aptidão cardiorrespiratória aumenta o risco de obesidade abdominal
Nos Idosos a redução da aptidão cardiorrespiratória aumenta o risco de obesidade abdominal, independentemente da actividade física. Por cada mais 10 metros percorridos no teste de andar 6 minutos, o risco de obesidade abdominal reduz 4%.

  • Mulheres com obesidade abdominal têm um risco 332% superior de terem uma funcionalidade reduzida;
  • Homens com obesidade abdominal têm uma probabilidade superior de 63% de manifestarem a preocupações com as quedas.
Voltar
Instituto Português do Desporto e da Juventude, I.P.